Lugar: Tacuarembó

[ Tratado de Limites, 2011 ]


Tacuarembó é uma cidade situada no interior do Uruguai, sendo o centro geográfico da região dos pampas, além de ter sido intitulada mais recentemente como a “capital dos pampas”.
O trabalho é baseado em letreiros com os nomes das cidades, comumente encontrados nas entradas de muitas cidades no interior do Brasil: letras de concreto, fixadas no chão, com o nome da localidade.

 

Na região de Tacuarembó encontram-se diversos sítios arqueológicos indígenas que seguem enterrados apesar de já terem sido e mapeados (sendo mantidos sob a terra por questões de segurança e preservação).
As letras de concreto que escrevem “Tacuarembó” foram enterradas na entrada desta cidade, sendo que 1/3 do letreiro fica exposto.  Lugar:Tacuarembó é formado tanto pela instalação do letreiro in situ quanto pela fotografia de mesmo nome com o registro da instalação na entrada desta cidade.

Lugar: Tacuarembó faz parte da série de trabalhos Tratado de Limites. O projeto foi mostrado no MARGS (Museu de Arte do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre), dentro da mostra “Além Fronteiras” da 8º Bienal do Mercosul, curada por Aracy Amaral (curadora convidada da 8º Bienal do Mercosul).

Tratado de Limites na mostra Além Fronteiras, na 8º Bienal do Mercosul, em Porto Alegre, em 2011 (Fotografias: Fabio del Re).


Ler mais sobre Tratado de Limites:

Texto de Aracy Amaral (publicado no catálogo da 8. Bienal do Mercosul, 2011):

Texto de Anne-Laure Amilhat Szary (publicado no livro Placing the Border in Everyday Life, 2014):


IR PARA TRABALHOS RELACIONADOS: