Songlines

2019

Os desenhos das fronteiras políticas entre os países de diversos continentes formam a partitura sonora de Songlines. Cada partitura reúne todas as fronteiras de um único continente, sendo posteriormente sonorizadas.
A reunião de todos os desenhos e músicas de Songlines formam uma espécie de mapa-múndi sonoro das fronteiras de terra entre todos os países. Trabalho realizado em colaboração com o músico e compositor Marcelo Cabral.

 

O termo songlines faz referência aos mapas sonoros criados pelos povos originais da Austrália: ao invés dos mapas serem 
desenhados, eles são cantados em músicas que descrevem os espaços físicos e narram os percursos trilhados.

A primeira versão de Songlines foi realizada em 2018, tendo sido inicialmente produzida através da conversão digital dos desenhos em um arquivo sonoro. Esta versão foi exibida na exposição “Antes, e ainda agora”. Através da colaboração com Marcelo Cabral, Songlines encontrou sua forma definitiva.

Songlines – América do Sul | South America _ 2:48 min

Songlines – Europa | Europe _ 3:14 min